top of page
Buscar
  • Joalheria Alternativa

POR QUE A PRATA ESCURECE?


Anel Mantra Om Mani Padme Hum


O ser humano conhece a existência de 118 elementos químicos, cada um tem propriedades e aplicações variadas. A prata é um desses elementos que fazem parte da tabela periódica, ela é um metal nobre, amplamente utilizado na fabricação de joias.


“Há três origens da prata :

  • Natural - na sua forma pura ou associada a outros materiais;

  • Sintética - a partir do processamento de materiais como chumbo, cobre e zinco;

  • Industrial - a partir de reações químicas com sais que apresentam prata em sua constituição, como o nitrato de prata, que, ao reagir com o cobre, origina um sal e prata metálica pura”(leia aqui).


Utilizada na produção de joias, principalmente as de alto padrão, a prata, ao contrário do ouro, pode oxidar e escurecer. A oxidação é a reação química em que os átomos perdem elétrons e formam o sulfeto de prata, que tem uma cor escura. Quanto maior a temperatura e a concentração dos sulfetos, maior é a velocidade da reação.


A formação desse sulfeto se dá quando a prata entra em contato com compostos de enxofres existentes na natureza, geralmente gases, como o sulfídrico ou o dióxido de enxofre.


“Outra substância que escurece a prata é o suor, composto por sais (cloreto de sódio) que ajudam a superfície da jóia a se misturar com o gás sulfídrico ou com o dióxido de enxofre, facilitando a reação formadora da camada escura” (leia na íntegra aqui).


O enxofre é responsável pelo escurecimento da prata e esse elemento está presente no nosso dia a dia, como na queima do combustível dos carros, nos cosméticos, perfumes e produtos de limpeza.


Com todas essas explicações é possível notar que a qualidade de uma joia de prata não está relacionada com o fato de ela se tornar escura.


A prata é muito maleável no seu estado puro (prata 1000), por isso, precisa ligá-la a outros metais para poder trabalhá-la.


A prata 950 (prata de lei) tem 95% de prata pura e somente 5% de outras ligas e a prata 925 possui em sua composição 92,5% de prata pura e 7,5% de outros metais, como o cobre e o latão. Tanto a prata 950 como a prata 925 são ideais para a fabricação de joias e semijoias. A única diferença é em relação ao escurecimento. A primeira, por ser mais pura, tende a manchar um pouquinho mais que a segunda.


A prata é usada para fazer diversos objetos, como itens de decoração ou acessórios (brincos, colares, pulseiras, anéis e até relógios) e a oxidação é um processo natural que ocorre com esse metal, mas existem cuidados e maneiras de limpar os seus objetos.

Você pode levar as sua joias de prata no seu joalheiro de confiança e ele poderá deixá-las como nova, ou então, existem algumas formas de limpar, você pode usar:

  • Bicarbonato de sódio com água fervente - deixe os seus objetos de molho;

  • Pasta de dente branca e um pano de algodão - para polir os seus objetos.

O ideal é limpar as suas joias depois de usá-las e armazená-las com cuidado. Algumas maneiras de cuidar das suas peças de prata, são:

  • Mantenha as suas joias separadas no seu porta-joias e, se possível, guarde cada uma em saquinhos transparentes;

  • Evite deixar as suas joias no banheiro na hora do banho, pois o vapor pode promover a oxidação;

  • Evite deixá-las em contato com cremes e perfumes;

  • Se estiver tomando medicamentos ou muito estressado, o organismo fica em desequilíbrio e pode afetar as suas peças de prata;

  • Evite usar as suas joias em piscina, o cloro pode oxidar a prata.


A prata é um metal nobre, ela é muito maleável, por isso é preciso adicionar alguns metais secundários para que a liga fique mais resistente. Mas, ainda assim, são consideradas joias e são lindíssimas.


A prata é muito durável, é hipoalergênica e tem um preço acessível. Há muitos motivos para você adquirir joias de prata.


6 visualizações0 comentário
bottom of page