top of page
Buscar
  • Foto do escritorJoalheria Alternativa

VOCÊ NÃO PODE DEIXAR DE SABER COMO SURGE A INIGUALÁVEL PÉROLA


Brinco Pérola de Água Doce



Elegantes e únicas são as pérolas, pois nenhuma outra joia se origina e cresce dentro de um organismo vivo. É devido a um mecanismo de defesa dos moluscos contra um corpo estranho no seu interior, pode ser um grão de areia, um pedaço de coral, um verme ou outros elementos. A partir da agitação das águas, um corpo estranho pode penetrar o molusco (ostra, mexilhão) e ao perceber a ameaça, produz uma substância que envolve o intruso, depositando várias camadas de nácar e surgindo a pérola.


tipos de pérolas

  • Naturais:

    • Coletadas - surgem de um processo natural ou espontâneo, num mecanismo de defesa, como explicado acima, sem intervenção humana;

    • Cultivadas - há intervenção humana, o processo é semelhante a coletada, a diferença é que o corpo estranho (pré formado) é colocado manualmente no interior da ostra. Atualmente 90% das pérolas comercializadas são cultivadas.

  • Sintéticas:

    • Shell - imita perfeitamente a gema natural. É um substrato de resina e porcelana, que recebe esmaltação de alta qualidade e leva em sua composição o nácar de pérolas naturais - a madrepérola natural moída.Tem um valor, muitas vezes, superior à pérola natural devido a sua beleza;

      • Madrepérola - também chamada de nácar, camada que reveste a parte interna da concha e seu nome faz referência à "mãe da pérola" porque a pérola só se desenvolve depois da formação da madrepérola;

    • Plástica - é formatada mecanicamente e posteriormente pintada, não tem nada da pérola natural. São simétricas e o seu valor é bem inferior ao das outras pérolas;

    • Vidro - tem um núcleo de vidro e em sua superfície uma camada de tinta e verniz.

Há outras classificações para as pérolas:

  • Quanto ao local onde são encontradas:

    • Água salgada - na grande maioria das vezes, são pérolas cultivadas, pois a ostra vive em um ambiente é perigoso (infestado de tubarões, águas-vivas, etc), ficando difícil coletá-las;

    • Água doce - são cultivadas (ou coletadas) em mexilhões que vivem em rios e lagos. O processo é o mesmo, no entanto, são mais acessíveis do que as pérolas de água salgada, pois os mexilhões são maiores e podem produzir mais pérolas do que as ostras do mar.

  • Quanto ao formato:

    • Regular - são perfeitamente esféricas. O seu valor é proporcional à simetria;

    • Irregular - são esféricas, mas não perfeitamente redondas, são singulares e, por isso, muito apreciadas.Tem vários formatos: gota, oval, etc.);

    • Barroca - são irregulares, sem forma geométrica definida, sua beleza também está no fato de serem únicas.


As pérolas naturais são encontradas em diversas cores: branco, champanhe, rosa, azul e negra.


As pérolas podem aparecer em colares, pulseiras, brincos, anéis e em outras peças (como num broche ou numa tiara).


O Valor da Pérola

O valor de uma pérola natural ou cultivada é determinado por:

  • Espessura do nácar;

  • Formato;

  • Brilho;

  • Superfície;

  • Tamanho

  • Cor.

Os Cuidados com a Pérola

As pérolas são porosas e sensíveis, em contato com cremes, perfumes, fixadores e suor, podem sofrer danos irreparáveis. Não exponha as pérolas ao cloro ou qualquer produto químico, nem água ou outros líquidos. Limpe as pérolas apenas com uma flanela macia, seca e limpa.


As pérolas são clássicas e muito versáteis, pois embelezam todos os looks, dos mais chiques até os mais despojados.

Essa versatilidade permite usá-las em peças com design assimétrico ou em conjunto com outras pedras.

Carregam muitos simbolismos e para diferentes civilizações, as pérolas são símbolos da fecundidade, da virgindade, do amor e da imortalidade.


Quanta beleza existe nessa peça inigualável, por isso não se pode deixar de ter uma joia adornada com uma pérola.

Escolha no nosso site, o tipo de pérola que mais combina com você.


42 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page